User Profile

CarolineAlmada Morgado

Bio Statement Angico E Suas Lendas

Para os médiuns umbandistas, banhos de ervas são fundamentais. Decocção: a planta é levada ao fogo brando entre 3 e 30 minutos. Desligue fogo, deixe descansar por alguns minutos, coe e tome em seguida. Esta forma é mais apropriada para raízes, cascas e sementes, porém estas devem ser cortadas em pequenos pedaços ou esmagadas antes de serem utilizadas.

Em um litro de vinho tinto, coloque um punhado de flo­res de coqueiro, um punhado de pregos velhos bem la­vados, 5 raízes de picão-preto e cinco de raízes de guanxuma, um punhado de funcho, 2 xícaras de açúcar, cravo e canela a gosto. Ferva tudo por 20 minutos. Dose: quatro a cinco colheres por dia antes das refeições.

Angelim-amargoso - Morcegueira: Pertence a Nanã e Exu. Muito usada em carpintaria, por ser madeira de lei. Folhas e flores são utilizadas nos abô dos filhos de Nanã. As cascas dizem respeito a Exu; elas são aplicadas em banhos fortes de descarrego, com propósito de destruir os fluidos negativos.

Corrimento vaginal,prurido vaginal,sarna,piolho: coloque 2 colheres(sopa) de flores em 1 xícara (chá) de vinagre branco. Deixe em maceração por 3 dias e coe. No caso de pruridos e corrimento vaginal,adicione 2 colheres(sopa) à água de banho. Faça banho de assento 1 vez ao dia. Para piolhos aplique no couro cabeludo, com ligeira massagem, deixando agir por 2 horas. Em seguida enxágüe e passe pente fino. Para sarnas, aplique com um chumaço de algodão.

143) Rachaduras nos pés e calcanhares: açoita-cavalo (entre casca), arnica-do-¬campo, arnica-do-mato (lavar com cozimento das flores), babosa, algodoeiro (folhas amassadas), couve (com óleo), douradinha-do-campo (folhas chá), cipó-cabeludo (cipó todo infusão), paineira (casca chá), sabugueiro (infusão das folhas), saião (suco), sempre¬viva (chá). Rachaduras entre os dedos do pé: aroeira (chá), babosa-do-mato, caroba (chá e banhos), cavalinha (chá), cerefólio (chá), dália (flores banhos), erva-terrestre (banhos), espelina (chá), fedegoso, inhame-branco (banhos), língua-de-vaca (chá), mil-em-rama (chá), sassafrás (banhos), sucupira (chá), urtiga (banhos e chá).

estudo etnobotânico é primeiro passo para um trabalho multidisciplinar envolvendo botânicos, engenheiros florestais, agrônomos, antropólogos, médicos, químicos, entre outros, para se estabelecer quais são as espécies vegetais promissoras para pesquisas agropecuárias e florestais de uma determinada região, justificando assim seu uso e sua conservação (RODRIGUES, 1998).

Olá, sou de São Gonçalo, região metropolitana do Rio de Janeiro e possuo em meu quintal um lindo exemplar de ora-pro-nobis que floriu há poucos dias (flor branca de miolo alaranjado). Estou muito entusiasmado com os benefícios dessa planta. Ferva lentamente as folhas de malva por cerca de vinte minutos. Coe e depois adoce com mel.

Bastante diferente da jurema preta, principalmente devido aos calombos que existem no caule, pelos ramos. È também armada de espinhos. Na medicina caseira uso de cascas em decocção (sabor amargo) tem aplicação em banhos ou lavagens, como adstringente para doenças da pele. chá ë empregado como narcótico para insônia e estado nervoso.

Devido à presença de substâncias com ação antimicrobiana presentes em extratos das plantas pertencentes a esse gênero, como os flavonoides, levou uma pesquisa realizada na Universidade Estadual de Ponta Grossa a pesquisar a atividade no óleo da alfavaquinha frente a cepas de Escherichia coli, Staphylococcus aureus ePseudomonas aeruginosa, bactérias causadoras de doenças em humanos Dicas de Saúde e animais e que resultam em doenças de trato respiratório e digestório. Os autores observaram que houve discreta inibição das duas primeiras espécies de bactéria, enquanto muito pouca da terceira citada. No entanto, os autores enfatizam a necessidade de maiores concentrações do óleo a serem estudadas, visto que outros estudos evidenciaram boa ação contra outros patógenos.

ZIMBRO - As bagas são as partes mais usadas desta planta. Tem indicações tônicas, diuréticas, digestivas, antissépticas. Eficaz na dificuldade de urinar, na insuficiência renal crônica, contra cálculos renais, bronquite crônica, reumatismo, doenças de pele especialmente psoríase e eczema crônico (em forma de pomada). óleo extraído das bagas atua em aplicações externas como linimento balsâmico. Com 20 g de bagas esmagadas prepara-se uma ilusão para 1 litro de água, recomenda-se tomar no intervalo das refeições.

GASTRITE : inflamação aguda ou crônica da mucosa do estômago; tomar um dos seguintes chás entre as refeições: almeirão, acelga (folhas), arroz (água da semente), Artemísia, bardana, beldroega, açoita-cavalo, cálamo-aromático, calêndula, carqueja, chicória, couve (folha suco), alfavaca casca-de-anta, cevada (semente), dente-de-leão, Espinheira-Santa, girassol, linho (semente), groselheira, erva-macaé, hortelã, marroio-branco, malva, mamica-de-cadela (casca), erva-de-são-joão, paineira, saião, sálvia, melissa, tansagem, trapoeraba, zedoária, zínia.